X
Olá, Entre ou Cadastre-se
 
triangulo

Conheça os principais modelos de cajon

Poucos instrumentos representam tão bem a união entre simplicidade e versatilidade sonora quanto o cajon - caixa grande, do espanhol. Criado no Peru durante o período colonial, esse instrumento vem ganhando muita popularidade justamente por ser fácil de tocar, ter um preço acessível e contar com os sons de bumbo e caixa - quase uma bateria portátil!

Além do design e do acabamento, uma das as principais características que diferenciam os tipos de cajon é a maneira como o som é transmitido - de forma acústica ou elétrica.

Cajon acústico

Esse é o modelo mais comum e conhecido de cajon - e também o mais prático de tocar: o cajonero senta em cima do instrumento e, com as mãos e os dedos, “batuca” no tampo de madeira. Graças às cordas que são instaladas sob o tampo, o som reverbera com muita qualidade e ótimo volume.

Geralmente, possui duas variações de timbre: o bumbo, que soa ao tocar o centro do instrumento, e a caixa, sonoridade obtida ao tocar as laterais superiores. É o cajon mais indicado para iniciantes ou músicos que se apresentam com bandas acústicas, acompanhando voz e violão, por exemplo.

Cajon elétrico

Em termos de sonoridade e design, o cajon elétrico se assemelha muito ao modelo acústico, pois, geralmente, conta com o mesmo formato, tamanho e timbres (caixa e bumbo). A diferença é justamente na forma como o som do instrumento se propaga.

Enquanto o tipo acústico conta apenas com a reverberação do instrumento em si, o cajon elétrico possui um sistema de captação e, por isso, pode ser conectado à uma caixa de som ou amplificador, o que proporciona volume muito maior. Essas características fazem do cajon elétrico um instrumento mais adequado para músicos experientes e que necessitam dessa maior potência para apresentações e ensaios.

Acessórios para cajon

O cajon conta com acessórios e itens que auxiliam tanto na hora de tocar quanto de transportar o instrumento. Alguns dos mais úteis e conhecidos são as capas e bags, utilizadas para guardar e carregar o cajon. Já na hora de tocar o instrumento, as baquetas estilo vassourinha adicionam mais variações sonoras (tanto no timbre de caixa quanto de bumbo) e trazem mais agilidade.